quarta-feira, 12 de agosto de 2015

"Ser pai é plantar raízes, é ensinar segurando a mão com coragem e determinação..."


Pai, por que precisamos crescer e amadurecer,
pra compreender e perceber seus ensinamentos
de sabedoria e coragem?
Por que precisamos crescer e amadurecer, pra sentir
Que cobranças de “PAI”, não são palavras repetitivas,
tão pouco cerceamento de liberdade, mas cuidado...
Por que precisamos crescer e amadurecer, pra nos sentirmos
Totalmente filhos?
Por que precisamos crescer e amadurecer, te perder,
pra sentir tanta saudade...
Hoje, sabemos, ser pai não é tarefa fácil, pressupõe caminhar,
e o caminho é desafiador, árduo, rico, que não comporta na bagagem a indiferença,
mas o posicionamento de educar sempre...
Pai, somos um time,
Até nisso o senhor se superou, “somos 12”...
Nem sempre fomos sintonizados; mas seu amor,
junto ao amor de nossa mãe IVÊTA sempre nos
Direcionou em campo.
Pai, artista tímido no afeto, mas grandioso nas atitudes...
Inteligente, alegre, prestativo, presente;
Supriu o lar, sacrificou suas vontades pra suprir as do seu time.
Não precisamos a vida, tão pouco a partida,
se pudéssemos pediríamos acréscimos,
seríamos um time mais sintonizado e assertivo,
Com regras claras, cartões amarelos e vermelhos...
Resta-nos hoje, agradecermos a Deus por você DIDI,
técnico centrado , justo, humano e íntegro,
Nosso saudoso PAI.

sexta-feira, 7 de agosto de 2015




Eu sei, mudar não é fácil mas é necessário. 
O mundo é movimento, caminhar é se propor a mudanças...
Hoje, "parei um tiquim" pra pensar nas mudanças que eu quero na minha vida;
e ela não começa com meu colega  de trabalho, meu vizinho,
ela começa em mim, de dentro pra fora...
Sinceramente ando postergando estas mudanças, negligenciando quem desejo ser.
AH SIM! o primeiro passo é meu...
Ando satisfeita com  meu trabalho? Não!
Acho que ando sem criatividade, e flexibilidade;
embora reconheça minha capacidade, "porque eu sou capaz"
ando desmotivada...
Não quero cá, justificar minha desmotivação, apenas ressaltar
minhas  habilidades podem ser desenvolvidas; se "EU" tiver sede de aprender;
mas por outro lado é preciso que haja compreensão de somos únicos e singulares
temos nosso temperamento, nossos traços efetivos, nossos sentidos, satisfação e motivação e compreender isso, embora não seja tarefa fácil é algo que pode e precisa ser desenvolvido para o bem comum...
Precisamos ser equipe e para tal é importante ter uma liderança atenta a tudo isso numa compreensão de que atividades em grupo pressupõe personalidades diferentes diversidades de saberes, de comportamentos e de vivências, portanto,sugerem competências diferentes, habilidades diversas; desta forma, uma liderança não pode apenas recompensar resultados,  mas  esforços. 
Eis o nosso desafio enquanto ser único: auto conhecimento e aceitação de nós mesmo, mudar em nós o que precisa ser mudado pra nos tornarmos melhores em tudo;
Eis o desafio de toda empresa, no nosso caso o BB, criar pontos de interseção pra fazer com que a multiplicidades de personalidades se integrem e se sintam parte de um todo... Não ando me sentindo parte de um todo. A falha pode está em mim, mas até que ponto "outros" também se sintam assim, (silenciosamente)...
Eu me proponho a reflexão, e inicialmente, comprarei uma bicicleta...
Melhor fisicamente, estarei mais disposta e de bem com a vida!
Já é um passo...
Ou uma pedalada...
Regina Paoli)