domingo, 13 de outubro de 2013

"Ainda que eu fale todas as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor sou como o bronze que soa ou o sino que retine... mesmo que tivesse toda a fé a ponto de, transportar montanhas, se não tiver amor, não serei nada. Apóstolo Paulo



Meus filhos, 
Este é um  momento sublime,  começo de uma nova vida... 
Que vocês sejam cobertos de bênçãos, felicidades e plena harmonia .
E nunca se esqueçam, que o casamento é como uma planta,  deve
ser regado e cuidado todos os dias...
Desejo a vocês,toda felicidade 
Que Deus continue abençoando-os.

"Na nossa história de casamento devemos aprender olhar através das imperfeições do(a) esposo(a)...
Olhar através dos erros cometidos, além dos limites que são humanos.
Acho que é como se tentássemos nos apaixonar de novo todos os dias,
procurar mais nos reencantar com as qualidades e menos nos ressentir com as falhas do outro.
Acredito que isso deve ser o verdadeiro amor: um “exercício de descobrir o que o outro tem de mais lindo, mas também de mais vergonhoso.
Amores perfeitos só existem nas projeções. Ou nos jardins...”
(Pe Fábio).



Postar um comentário