sábado, 31 de agosto de 2013

Um vento frio penetrou-lhe os ossos quando sentiu aquele adeus...



Naquela manhã não soube o que fazer com as mãos
Tampouco com o frio daquele olhar...
Ela não sabia , mas, naquele instante, o sol já nascia  numa "estrada nova"
que ela percorreria "uma vida inteira" ...


"Ah, talvez valesse a pena dizer que houve um telefonema que não pôde haver; entretanto, é possível que não adiantasse nada. Para que explicações? Esqueçamos as pequenas coisas mortificantes; o silêncio torna tudo menos penoso; lembremos apenas as coisas douradas e digamos apenas a pequena palavra: adeus."



"A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas.Talvez sempre tenham sido e sempre serão.Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos.E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos.Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá."
Nicholas Sparks



Postar um comentário