domingo, 5 de maio de 2013

"Queria conjurar uma flor impregnada com os sentimentos que a primavera traz dentro de si e de pétalas de pérolas banhar o corpo dos deuses silenciosos propiciar ao mundo sua legitima ternura pois de olhos abertos vejo o mundo, com eles semiabertos te vejo do outro lado, com eles fechados me pego encharcado."

Algumas palavras são  gratuitas e de legítima ternura;
Passeiam dentro de nós e  tem o poder  de mudar  o nosso dia, a nossa noite...
Estas, só podem vir de pessoas especiais...
 
"O coração vive de boas recordações e feliz é tu que tem boas recordações para se lembrar"
(Rosana Brzesky)