segunda-feira, 30 de maio de 2011

Sou como a lua...


A lua tem fases ...

Percebo.
Sou como a "LUA"...
Minguante...
Crescente...
Cheia...
Nova ...
Lembro
Sugestões que acompanham-me
há tanto tempo.
"Corte o cabelo na lua cheia que ele vai crescer rápido e ganhar volume"
"Na lua nova a pintura deixa os cabelos mais brilhantes".
"Um bom regime se começa na minguante, uma boa faxina,
momento para nos livrarmos de tudo que a gente não precisa"
Descubro:
Preciso de "qualidade de vida"
Quem sabe um regime...
Uma faxina, "vasculhar minhas gavetas"
Eliminar aspectos negativos, preservar os positivos.
Perceber as forças que norteiam a minha vida...
Compreender a importância de me "ouvir"
reunir forças,definir planos,traçar metas
Ousar, acreditar e acelerar a ação...


domingo, 29 de maio de 2011

“Dentro de nós há uma coisa que não tem nome , essa coisa é o que somos”. (José Saramago)

... E quem exatamente somos:
Só mergulhando pra dentro de nós mesmos
pra descobrir...
Cada passo nos conduz a quem " queremos ser..."

Ontem me despedi da lua,.
Ainda não disse bom dia ao Sol...


Novo desafio...

sábado, 28 de maio de 2011

E isso...


“Viver não é esperar a tempestade passar, é aprender como dançar na chuva.”

Acho que é isso...

Sou uma flor
Quero luz,
energia,
brilho e cor...
Uma desesperança
me irrita, inquieta
acusa, me cansa...
Vale a pena viver nesse jardim
com minhas pétalas caídas?

Ainda bem que existe...

"A Maior fonte de felicidade que há na vida é saber que alguém nos ama,que nos ama pelo que somos ou,melhor, apesar do que somos"
Victor Hugo

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Acho que é isso...

Mesmo tendo o tempo seguido em ritmo acelerado,
Lembro-me do dia em que nos conhecemos.
Seu Olhar, sorriso,
expressão, jeito de caminhar ...
Ainda te amo!
Amor que "encabula" mas acalma..
Que encanta...
Como um perfume que exala
e me faz sentir sempre perto de ti...
"...grande amor
daqueles que têm tamanhos
para todos os lados
e só podem ser medidos por dentro."
Martha Medeiros

"Lembro-me de ti
Nesse instante absoluto,
A vida conduzida por um fio de música.
Intenso e delicado, ele vai-nos fechando num casulo
Onde tudo será permitido.
Se é só isso que podemos ter,
Que seja forte. Que seja único.
Tão íntimo quanto ouvirmos a mesma melodia,
Tendo o mesmo - esplêndido - pensamento."
Lya Luft


quarta-feira, 25 de maio de 2011

"A energia do amor é essencialmente calma , pacífica e inspiradora. ..."

Meu coração vive essa amizade
em estado de amor...
Nas horas incertas,no momento certo,
chegamos de mansinho, sem alardes,
como um sussurro "Estou aqui"...
Nos aceitamos , sem querer mudanças,
Sem pretensões que nos possam ferir
e ferir os outros ...
Somos "presentes" ainda que tão distantes...
Compartilhamos...
Sim, temos uma "energia positiva"...
Tão forte, tão forte que as vezes encabula...
Uma amizade, "laço" que nos faz bem...
Consegue tirar de nós o que temos de mais "bonito"
Esta amizade é uma forma de amor...
Talvez sejamos mesmos "anjos" um do outro...

quinta-feira, 19 de maio de 2011

"Nós não podemos descobrir novos oceanos, se não tivermos a coragem de perder a vista da costa "


A distancia entre o que "aceitamos" e "desejamos"ser é a distancia que "permitimos".
Viver é experienciar, amadurecer, evoluir,
criar asas, VOAR...
É descobrir quem somos;
E o que
somos pode conduzir-nos ao sonho
de ser quem "queremos ser"...
Eu quero evoluir.
Criar asas, voar, voar...
Eu quero ser melhor...
E você?





domingo, 15 de maio de 2011

"...Quando eu estiver triste, simplemente me abrace..."

Tenho fases como a lua...


Somos únicos.
Temos qualidades e defeitos.
Erramos e acertamos...
O que a gente precisa é tentar cada dia ser melhor...
Sair da superficialidade,
Ter olhos mais miniciosos aos detalhes
Perceber mais o"outro" que está ao nosso lado...
Trem "bom demais" quando alguém do nosso lado compreende o nosso "olhar", nosso sorriso e nosso silêncio...
Assim, a gente pode ser o que a gente é...
Pode simplesmente ser e estar...
NESTE CASO, "permanecer" pode durar um segundo...


sábado, 14 de maio de 2011

" Só uma coisa me entristece ,o beijo de amor que não roubei ,a jura secreta que não fiz... o brilho do olhar que eu não sofri .. ".

Do que vale olhar sem ver? Johann Wolfgang Von Goeth

A indiferênça é o pior silêncio que a gente pode ouvir...
Corta tanto quanto uma navalha
corta a carne, corta a alma...
Se o desejo é a metade da vida; indiferença é a metade da morte, dizia Mestre Ariévlis.
Os anjos não dão os ombros, não; quando querem mostrar indiferença os anjos dão as asas; dizia o grande poeta Mário Quintana.
Não! Definitivamente!
Não quero ser indiferente...
O que eu quero é evoluir a alma,
nunca sentir petrificado o coração...


"Sempre precisei
De um pouco de atenção
Acho que não sei quem sou
Só sei do que não gosto
Nesses dias tão estranhos
Fica a poeira se escondendo pelos cantos."
(Legião Urbana)


Achei esse vídeo lindo num Blog muito interessante da Renata...
(http://vemnimimlilidemorada.blogspot.com/?expref=next-blog)

terça-feira, 10 de maio de 2011

É isso...

"Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem, os amigos devem ser amigos para sempre, mesmo que não tenham nada em comum, somente compartilhar as mesmas recordações."

segunda-feira, 9 de maio de 2011

É isso...

Imagem da net

Como Uma Onda

Composição : Lulu Santos / Nelson Motta

Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa
Tudo sempre passará

A vida vem em ondas
Como um mar
Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda o tempo todo
No mundo

Não adianta fugir
Nem mentir
Pra si mesmo agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar

Nada do que foi será
De novo do jeito
Que já foi um dia
Tudo passa
Tudo sempre passará

A vida vem em ondas
Como um mar
Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda o tempo todo
No mundo

Não adianta fugir
Nem mentir pra si mesmo agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre

Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar

Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem, os amigos devem ser amigos para sempre, mesmo que não tenham nada em comum, somente compartilhar as mesmas recordações.
Vinícius de Moraes

domingo, 1 de maio de 2011

"Sonho com o dia em que a justiça correrá como água e a retidão como um caudaloso rio."


"Um homem que trabalha com as mãos é um operário; um homem que trabalha com as mãos e o cérebro é um artesão; mas um homem que trabalha com as mãos e o cérebro e o coração é um artista."

Um pouco de história...

O Dia do Trabalho no Brasil

No Brasil, como não poderia deixar de ser, as comemorações do 1º de maio também estão relacionadas à luta pela redução da jornada de trabalho. A primeira celebração da data de que se tem registro ocorreu em Santos, em 1895, por iniciativa do Centro Socialista, entidade fundada em 1889 por militantes políticos como Silvério Fontes, Sóter Araújo e Carlos Escobar. A data foi consolidada como o Dia dos Trabalhadores em 1925, quando o presidente Artur Bernardes baixou um decreto instituindo o 1º de maio como feriado nacional. Desde então, comícios, pequenas passeatas, festas comemorativas, piqueniques, shows, desfiles e apresentações teatrais ocorrem por todo o país.

Com Getúlio Vargas – que governou o Brasil como chefe revolucionário e ditador por 15 anos e como presidente eleito por mais quatro – o 1º de maio ganhou status de “dia oficial” do trabalho. Era nessa data que o governante anunciava as principais leis e iniciativas que atendiam as reivindicações dos trabalhadores, como a instituição e, depois, o reajuste anual do salário mínimo ou a redução de jornada de trabalho para oito horas. Vargas criou o Ministério do Trabalho, promoveu uma política de atrelamento dos sindicatos ao Estado, regulamentou o trabalho da mulher e do menor, promulgou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), garantindo o direito a férias e aposentadoria.

Na Constituição de 1988, promulgada no contexto da distensão e redemocratização do Brasil após a ditadura militar (que perseguiu e colocou no mesmo balaio liberais, comunistas e cristãos progressistas), apesar de termos 80% dos tópicos defendendo a propriedade e meros 20% defendendo a vida humana e a felicidade, conseguiu-se uma série de avanços – hoje colocados em questão – como as Férias Remuneradas, o 13º salário, multa de 40% por rompimento de contrato de trabalho, Licença Maternidade, previsão de um salário mínimo capaz de suprir todas as necessidades existenciais, de saúde e lazer das famílias de trabalhadores, etc.

A luta de hoje, como a luta de sempre, por parte dos trabalhadores, reside em manter todos os direitos constitucionais adquiridos e buscar mais avanços na direção da felicidade do ser humano.

(http://www.culturabrasil.pro.br/diadotrabalho.htm)