quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Parte XI Doce toque de amor, romã, romance...

Véspera de Feriado! SETE DE SETEMBRO
Um convite surpreendente!
Ixia voltaria aquela cidade que aprendera a amar...
Sorriso no rosto.
Num segundo sua mente voa,
Seus pés alcançam as nuvens
Emoções que os os olhos não podem ver, mas a alma sente e se enche de ternura;
Momento sigular de IXIA
O amor existia, tinha sabor de chocolate quente de inverno,
tinha a cor daquele olhar e a essência daquele sorriso...
SIM! O amor existia! Chamava-se LIRIO.

Uma semente plantada no inverno.
Talvez brotasse naquela primavera...
Primavera?
Era fim de inverno mas dentro da menina IXIA
tudo já tinha cheiro de flor de um certo pé de romã que o vento balançava os galhos e as folhas secas castanho dourado caiam ao chão e seus frutos maduros pairavam no ar.
AR... Que lhe faltava só de pensar em reencontrar LIRIO...
Postar um comentário