sábado, 20 de agosto de 2011

"Viver é ir mais, mudar sempre, virar-se e revirar-se, buscar o próprio avesso, sem saber onde fica o direito."

QUANDO A NOITE CHEGAR...

Quando a noite chegar, estarei com as impressões de mais um dia.
Quando a noite chegar, terei comigo sentimentos mesclados, pelo bem das coisas que deram certo e pelo mal que vi e ouvi das fraquezas humanas.
Quando a noite chegar, estarei esperando pelo silêncio do vazio e conversarei com ele, trocando as reflexões de mais um dia.
Quando a noite chegar, farei o retrospecto das atitudes acertadas e dos erros cometidos pela arrogância e delírio.
Quando a noite chegar, me agarrarei às convicções de que tudo poderá ser melhor amanhã, para mim, para os meus filhos, para o mundo.
Quando a noite chegar, descansarei ao lado da utopia que me faz viver em esferas diferentes daquelas que vivo na realidade.
Quando a noite chegar, farei de conta que terei alguém ao meu lado para desafogar as angústias através do ato de amar.
Quando a noite chegar, desejarei a renovação, a inspiração e a força necessária para continuar.
Quando a noite chegar, esperarei pelo fim da exclusão social...
Quando a noite chegar, esperarei da miséria cruel e imposta...
Quando a noite chegar, sonharei com o fim da ganância estúpida...
Quando a noite chegar, que eu renove a esperança pelo fim da impunidade...
Quando a noite chegar, que haja inspiração para uma nova idéia e conhecimento...
Quando a noite chegar, que eu possa continuar esperando pelo dia em que não mais seremos manipulados pelo poder...
Quando a noite chegar, que eu vislumbre nitidamente a união em busca do novo mundo...
Quando a noite chegar, que seja o prenúncio de dias melhores para todos nós.

(Wagner Marins)


Postar um comentário