domingo, 13 de março de 2011

“Não se nasce mulher, torna-se mulher”

Quando nos permitimos uma "pausa"
aproximamo-nos mais de nossa alma...

Reconheço, a pausa é conflitante, instigante,
mas imprescindível e necessária...


"E só quando
estamos em nós,
estamos em paz .
Mesmo que estejamos a sós"
(Paulo Leminsk)
Postar um comentário