terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Quem sabe um dia...

Eu queria Silenciar...
Acostumar-me ao teu silêncio...
Não ser tão expontãnea nas palavras
Tão simples nos gestos
Tão emotiva, as vezes impulsiva...
Quem sabe um dia...

"Há um sol nos teus olhos,
que me sorri de longe e me brilha dentro"
Postar um comentário