sexta-feira, 23 de julho de 2010

Foto de Renato Lourenço
(http://br.olhares)

Los Hermanos

O vencedor.

Composição: Marcelo Camelo

Olha lá, quem vem do lado oposto
Vem sem gosto de viver
Olha lá, que os bravos são
Escravos sãos e salvos de sofrer
Olha lá, quem acha que perder
É ser menor na vida
Olha lá, quem sempre quer vitória
E perde a glória de chorar
Eu que já não quero mais ser um vencedor
Levo a vida devagar pra não faltar amor

Olha você e diz que não
Vive a esconder o coração

Não faz isso, amigo
Já se sabe que você
Só procura abrigo
Mas não deixa ninguém ver
Por que será?

Eu que já não sou assim
Muito de ganhar
Junto às mãos ao meu redor
Faço o melhor que sou capaz
Só pra viver em paz
............................................................

Música linda!
Remete-nos a uma reflexão muito importante.
Afinal, o que é "vencer"?
Cada um é cada um, único, singular,
portanto as respostas serão sempre complexas.
Os trechos que mais chamam minha atenção São:
“Olha lá quem acha que perder
É ser menor na vida"
“E eu que já não sou assim
Muito de ganhar
Junto às mãos ao meu redor
Faço o melhor que sou capaz"

Precisamos compreender que nem sempre
"vamos ganhar",
Perdendo,
Vamos precisar recuar,
refletir, repensar os gestos,
reciclar os sonhos antigos,
ousar e acreditar em novas construções;
porque a vida tem altos e baixos que precisam ser encarados
como desafios a serem superados...
Vencendo,
precisamos ser livres, nunca escravos,
A vitória maior é aquela que traz felicidades,
e transforma-nos em ser humano melhor...


" transformar medos em desafios, obstáculos em oportunidades para polir, dia-a-dia nosso “Ser Humano”. ( Sofia Stoffel)


A força para prosseguir está dentro de cada um,
na fé, no desejo profundo de conquistar aquilo que estabelece como meta de vida.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Viver é desabrochar todos os dias...

(Imagem retirada do site: Br Olhares )
Acreditar
encontrar...

Cair,
levantar
...
Seguir em frente,
reencontrar ...


"Nós somos do tamanho dos nossos sonhos, conquistamos na medida de nossa perseverança, possuimos na medida que valorizamos e prosseguimos na medida de nossa fé."

segunda-feira, 19 de julho de 2010

"A diferença entre vencer e perder, sucesso e fracasso, é a linha nebulosa entre a vontade, paixão, e auto-confiança" (Howard Schultz)


Acione sua força interior, energia divina.
Não abra mão da esperança.
Tenha planos, metas,
Busque!
Nenhum obstáculo será capaz de sabotar seus sonhos
se acreditar neles...

sábado, 17 de julho de 2010

" O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim."

( http://www.fotolog.com.br/olhos_da_nay/9972346 )

A cidade amanhece.
No céu, o sol,
o convite à vida...
Quero vivê-la com paixão,
energia que inspira e impulsiona
rumo ao próximo passo...

Há uma ponte que permite o encontro...
Eu vou!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

" saudade, misteriosa multiplicidade de sentimentos"

Que saudades!
Dos colegas da minha rua Bahia, Da nossa casa, do quintal,
de quando éramos pequenos, da comidinha de mãe, simples
mas tão cheia de ingredientes de amor...
Da família da D. Mariquinha,D. Maria, D. Didi e da Jovelina,
Do Manelzim, Cacá e do Bahia...
AH, do Pingo, do Jorge, do Helim e Moacir...
Da dança, que eu amava...
Da adolescência, o ginásio; da Ana Augusta, da Lucia,Ednéia,
Dolores e Meirinha...

Das viagens de trem com a D. Deni,
da Lica, nossas brigas, nossa amizade, cumplicidade de criança.
Da Rosa, de sua sensibilidade...
DO primeiro amor...
Das brincadeiras, Passa anel, rouba bandeira,
Pêra, Uva, Maçã?

O primeiro beijo,
tramado, roubado, tão puro...
Do CJ, (Clube de jovens)
Da Claudinha, do Alberto,
Do Adilson (que se foi)
Do Barata , Janim, Éber,
Do Jorge Violeiro, da Gilda,
Virley, Euclair, Marcilene,
Tantos outros importantes,
que fogem da lembrança neste instante
...
Das viagens, reuniões, das missas, músicas,
do coral, meu desafino ao cantar, das "zueiras"...
Da miinha turma de magistério,
(Colégio Estadual)
Da Marleninha, Jacira, Janete,
"Das Geraldas", Neide, Darcilene...
Minha formatura de magistério,
Eu e a "PI" (aparecida), amigas,
até o fim...
Repetimos o terceiro ano...
(erro de cálculo da professora, falta de sensibilidade didática)
Saudades da Temper,
do tio Ragoeli, Tio TODY
do João Vianey e do andrade...

Do carteiro, das cartas de amor...
Saudades do meu pai, " meu professor"
(Não fui uma boa aluna, mas ele, o melhor mestre)
Tenho saudades de tudo que vivi
das lembranças boas, gostosas,
experiências que me fizeram
(e me fazem) quem eu sou agora,
uma pessoa muito feliz...

terça-feira, 6 de julho de 2010

"Saudade a gente tem é dos pedaços de nós que ficam pelo caminho" Martha Medeiros


Concordo com a frase de Henrique maximiliano, romancista e contista brasileiro,
"A casa da saudade chama-se memória: é uma cabana pequna a um canto do coração."
Dom Duarte também expressa de forma simples o sentimento da saudade:
"A saudade é um sentimento do coração que vem da sensibilidade e não da razão."
Acho que a saudade é como um trilho...
Quando chove, as àguas se acumulam
e de vez em quando as gotas de lembranças
correm e deslizam, brincam comigo...
O trilho é o meu coração. as águas são lembranças
que insistem em bater à porta.
São lembranças boas, ternas. Surgem sutilmente...

"A vida é o que acontece com você, enquanto você faz planos pra ela..."


Sinto-me assim,
as vezes tão forte,
outras tão frágil...
Quando penso que sei,
descubro que aprendi tão pouco...
Ouço menos
falo mais que deveria...
Meu coração é generoso, eu sei,
minha maior dificuldade é perdoar a mim mesma...
Perdoar é renascer,
é se dar chance de um recomeço ...
Eu sei, "perdão não é opcional, é fundamental"



segunda-feira, 5 de julho de 2010

"A vida é mesmo assim, um paradoxo constante, uma luta incessante, uma peça emocionante, uma viagem a cada instante" (Maria Helena Mota)

Viver!
Acionar a força que existe em nós...
Força que nos impulsiona,
faz-nos enxergar a beleza da rosa apesar do espinho...
Perceber a luz apesar do escuro;
O caminho além do fim do túnel
que leva-nos ao sol...


quinta-feira, 1 de julho de 2010

"A paz , para além de sonho nos faz sonhar, possibilita o sono e o despertar"

Amanheceu...

Somos convidados a viver intensamente este dia
em PAZ...
Estar em paz não significa estar em lugar sem ruídos,
sem problemas, sem trabalho árduo para realizar...
Estar em paz é permanecer calmo e confiante em meio a tudo isso.
A paz brota dentro de nós e é o alimento natural que sustenta
nossa saúde psíquica.
É preciso conhecer nosso potencial mas também nossas imperfeições.
"se você tem a Consciência (de que não é perfeito, meio Caminho andado: na sua imperfeição, é capaz de ser brilhante".
Aceitemos pois o convite.
Nem precisamos ir longe...
Basta um olhar de interesse para quem está pertinho de nós.
O filho, que espera um "bom dia" para se sentir notado...
A esposa que está alí ao seu lado e você parece nem notar...
O marido que quer ouvir uma frase de apoio, e você só sabe reclamar...
Os filhos que estão longe e esperam uma mensagem mesmo que pelo celular para se sentirem lembrados...
O colega de trabalho (pessimista) que precisa da sua energia positiva...
Aquele velho ranzinza seu vizinho que quase não sorri,
mas que diante do seu olhar e sorriso se desmancha...
Vivamos o dia de hoje em paz, que esta nossa paz interior consiga
alcançar o outro que está ao nosso lado...
MUITA PAZ
prá você...