quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

"Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo."


"E nem entendo aquilo que entendo: pois estou infinitamente maior que eu mesma, e não me alcanço."
Clarice Lispector


"Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar."
Clarice Lispector
Postar um comentário