terça-feira, 16 de novembro de 2010

“O melhor de mim saúda o melhor de você”

Houve um tempo
em que meu coração de menina,
acreditava em fadas
tinha asas e uma varinha de condão...
O tempo passou
As fadas existem
Pergunto ao meu coração?
SIM, ELAS EXISTEM!
Porque a magia está no "SER"
No sonho...
Em tudo que nos inspira
e faz mágica em nós...
Questiona-me o ser que mora em mim:
-Ainda ouve as estrelas?
-Na tua flor, apenas beleza perfume e cor?
-No teu céu apenas lua, sol e estrelas?
Eu sorrio e respondo:
No meu céu, chuvas
que molham a terra, brotam sementes...
Na flor, os espinhos, "valem a sua beleza"
E quer saber se ainda ouço as estrelas?
Eu te respondo sem hesitar-me
Claro que sim!
"Viver e ouvir estrelas é pura magia!"
-
"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-Ias, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...
E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pátio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.
Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?"
E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas."
Postar um comentário