domingo, 29 de agosto de 2010

Amor, alimento que nos leva ao "CÉU"

Um pássaro aprendiz
passeava no meu olhar
voava enternecido
visitava o pôr do sol
contava as estrelas
esperava ansioso pela lua cheia.
Eu tinha medo da liberdade do pássaro, triste
AH, eu sabia! Alçaria vôo ...
Vivia "preparando" meu coração de menina,
"frágil e sonhador"
As vezes ouvia o som de Deus
que dizia:
Ame, o amor é o alimento, ilumina teu céu...
Desde então nunca mais deixei de amar.
"Que luz é essa!" Perguntavam-me
Nada dizia, mas sabia
Sentia-me como um" Fênix"
o amor transformava-me
me fazia "renascer" todos os dias...
Hoje, eu sei,
tornei- me uma mulher, "forte"
guardo em mim o amor, o alimento
como estrela cintilante, brilha, ilumina...
Não temo mais a liberdade do pássaro
Sinto-o forte, meu espírito se alivia
Temos uma cumplicidade silenciosa, um "sótão"
subimos as vezes as escadas do amor, o alimento
e ela nos leva ao céu e aquieta nossa alma...
Postar um comentário