domingo, 20 de junho de 2010

Romântica



Acho que sou romântica...
A vida sem romance é muito sem graça, sem cor, sem sabor...
Há quem diga que ser romantico é ser piegas, meloso;
eu no entanto, acho que ser romântico é ser sonhador, sentimental, romanesco.
Postei alguns textos sobre o casamento. Gosto do tema;
acredito no sentido da palavra "casamento" como uma conquista diária, mãos estendidas, cumplicidade, desejos, sonhos e anseios.
Romantica, mas tenho os pés fincados no chão.
Lembro-me então do Padre Fábio de Melo parafraseando o saudoso e querido Padre Léo:
" Esperto é o Pato! Que nasce com dedo grudado pra nao usar aliança!
A gente sabe que ele brincava, uma forma bem humorada de falar algo tão sério.
Reconhecemos que viver a dois apesar de ser uma experiência fascinante tem lá seus desencantos.
Buscar encantar-se a cada dia é um desafio.
Esta semana vou falar de SONHOS, FANTASIAS, NAMORO.
Tempo mágico feito poesia, que se vai,
mas a ternura não pode morrer dentro de nós...




Postar um comentário