terça-feira, 4 de maio de 2010

Houve um tempo
em que meu coração de menina,
ingênua e apaixonada
acreditava que pousaria
eternamente à minha janela

Te esperei tanto ...
As vezes nem dormia
contando as estrelas
Fazendo pedido à lua...
Postar um comentário