segunda-feira, 5 de abril de 2010

Teu olhar...

Quando te conheci,

luzes se acenderam dentro de mim
Meu primeiro registro: Teus olhos
Neles te reconheci par
Tempo de encanto
Manhãs e tardes como arco-íris
Noites brancas e lilás...
Ar com cheiro de castanheiras
seus galhos, traçavam limites
em nossas brincadeiras de criança...
Nosso amor, ingênuo, azul...
O tempo?
Tínhamos o oitavo dia
Pura magia!

Meninas
Pelos teus olhos

Pelos teus olhos fui intensa
no amor e na dor...
Descobri segredos do mar
Desejei pisar a terra...
Despertei com o sol
Dormi com as estrelas...
Quando triste,
como brisa mansa, toquei seu rosto...
aplaudi de longe sua coragem
sua força e fé...
Fluidos positivos enviei
quando te senti solitário...
Eu sei,
poucos instantes tivemos
mas imensa a ternura que nos envolveu...
Fui feliz, pelos olhos teus...


Postar um comentário