sexta-feira, 16 de abril de 2010

"Lembrança é quando, mesmo sem autorização, o seu pensamento reapresenta um capítulo" . Adriana Falcão

Minhas lembranças
alcançam a curva da estrada
onde os trilhos se partiram
selando nossos destinos...
O vento sopra solitário
Gotas de orvalho caem
enferrujam os trilhos
Os galhos da castanheira
balançam...
Suas folhas não caem mais
Nem alimentam sua raiz
Congelam...
(Regina Paoli)




"Essa lembrança que nos vem às vezes...
folha súbita
que tomba
abrindo na memória a flor silenciosa
de mil e uma pétalas concêntricas...
Essa lembrança...mas de onde? de quem?
Essa lembrança talvez nem seja nossa,
mas de alguém que, pensando em nós, só possa
mandar um eco do seu pensamento
nessa mensagem pelos céus perdida...
Ai! Tão perdida
que nem se possa saber mais de quem!"

Mário Quintana


Postar um comentário