quinta-feira, 22 de abril de 2010

"E assim, me construo a ouro e sedas, em salas supostas, invento palco, cenário para viver o "meu sonho entre luzes brandas e músicas invisíveis."


Hoje, deixe-me sonhar
viajar pelo mundo da ilusão...
Imaginar...
Um sonho antigo de menina
Nós dois sentados a beira mar
Meu olhar no seu olhar
namorando à luz do luar
Contando as estrelas...

Nesta viagem imaginária
sinto um acender de luzes
bem dentro de mim
Uma bagagem tão vazia
de momentos nossos
que acende uma saudade
de tudo que sonhei e não vivi...

Postar um comentário