segunda-feira, 8 de março de 2010


Voar...
Ontem te quis palavra
Te quis raiz
Te quis rio
Nada disso importa mais...
Se queres ser silêncio
que seja o mistério...
Se queres ser mar
que seja infinito...
Se queres ser pássaro
Voar,voar,voar...
Só não te esqueças
da minha janela
Nela, de quando em vez
Venha pousar...
Postar um comentário